Natal em agosto? Comece agora a planear a sua estratégia de e-commerce

 

Para a maioria das pessoas, agosto é sinónimo de bom tempo, praia e férias em família, mas para aqueles que trabalham na área do e-commerce, os meses de verão significam algo completamente diferente: as compras de natal estão prestes a começar.

Apesar de ainda faltarem alguns meses para a Cyber Monday e para a loucura do Natal e final do ano começarem, não devemos subestimar o tempo que é necessário investir nos planos de vendas e envio de encomendas para maximizarmos o potencial do negócio nessa época.
 
As expectativas estão mais altas do que nunca. De acordo com a Adobe Analytics, em 2018, foram batidos recordes com um aumento nas vendas de quase 20% comparativamente com o ano anterior.

 

Abaixo estão três fatores a ter em conta antes de começar:
 

1. Mude-se para o mobile, rapidamente

 
Se ainda não o fez, deve estabelecer-se numa plataforma de comércio eletrónico que garante uma excelente experiência em mobile. No final do último ano, as vendas de m-commerce registaram novos recordes. As transações feitas através de um dispositivo móvel atingiram 55% do total de transações feitas durante a Cyber Monday!
 
Trabalhe com os seus designers e programadores para melhorar a sua abordagem em mobile para que o seu site seja muito fácil de usar num smartphone! Só assim vai conseguir converter visitantes em clientes.
 

2. Foque-se na estratégia de envio

 
A maior parte das lojas online oferece o valor dos portes de envio de encomendas em determinados pedidos, especialmente durante as épocas festivas.
 
Para se manter competitivo deve planear detalhadamente a sua estratégia de envio. Terá um valor mínimo para que o envio seja gratuito? E à medida que o negócio cresce, terá portes grátis para todos os clientes? Muitas vezes a adição do valor dos portes à encomenda leva o cliente a abandonar a mesma.
 
Lembre-se também que os prazos para entregar as encomendas a clientes internacionais serão mais longos do que aqueles que se aplicam aos seus clientes domésticos. Precisa de analisar estes prazos e transmiti-los de forma clara aos seus clientes para não defraudar expetativas.
 

Faça uma pesquisa sobre os custos de envio de encomendas

 
Deve ser claro perante os seus clientes internacionais sobre possíveis impostos que poderão ser cobrados na altura de importar. Se está agora a começar a exportar, leia o nosso artigo para conhecer todos os passos para exportar com sucesso.
 
Existem outros recursos disponíveis para o ajudar a preparar-se para o envio de encomendas internacionais tal como a ferramenta gratuita TAS exclusiva da DHL Express que oferece informações atualizadas sobre os aspetos mais relevantes do comércio internacional.
 
Pode descobrir todas as vantagens desta ferramenta no nosso artigo.
 



Se necessita de mais informação, contacte um especialista da DHL para obter ajuda personalizada.