Meios de pagamento preferidos dos portugueses em lojas online

 

Pagamentos com multibanco continuam a ser os favoritos dos portugueses para lojas online.

 
Segundo o inquérito realizado pelo Observador Cetelem sobre as “Intenções de consumo online”, os portugueses continuam a preferir os pagamentos por multibanco como forma de pagamento em lojas online.
 
74% dos consumidores de e-commerce portugueses fazem o pagamento através de multibanco. Em segundo lugar encontram-se as transferências bancárias com 43% das preferências, sendo que houve uma diminuição desta forma de pagamento em 3 pontos percentuais relativamente ao período anterior.
 
Quanto à opção de pagar as compras de lojas online no ato de entrega, esta regista 37% das preferências dos e-shoppers. A seguir vem o uso do cartão de débito e de crédito que reunem 20% de preferências, cada um. Já o PayPal e o MB Way, sofreram uma descida de 5%, recolhendo 19% e 4% das preferências de pagamento online, respetivamente.
 
Em 2019, 38% dos portugueses afirmou fazer compras em lojas online, o que representa um crescimento de 19% face a 2018 e prevê-se que no próximo ano, as intenções de compra via e-commerce dos portugueses continuem a crescer.
 
Os inquiridos que se mostram mais à vontade com as novas formas de pagamento são os portugueses entre os 25 e os 34 anos de idade.
O mesmo estudo, concluiu que a maioria dos consumidores de e-commerce que prefere utilizar como método de pagamento o multibanco são os residentes na região do Porto entre os 18 e 24 anos.
 
Já o pagamento em dinheiro no ato de entrega é mais escolhido por consumidores entre os 25 e os 34 anos e residentes no Norte e Centro do país (20 por cento). O cartão de crédito é preferido pelos portugueses entre os 35 e os 44 anos e residentes no Norte de Portugal.
 
Já a pensar em 2020, 34% dos portugueses indicou que tenciona comprar em lojas online no próximo ano, um crescimento de 6% face a este ano.
 
Se ainda não tem o seu site de e-commerce este é o momento de apostar neste meio que atrai cada vez mais compradores, veja as dicas que temos para lançar um negócio de e-commerce.



Se necessita de mais informação, contacte um especialista da DHL para obter ajuda personalizada.