Alemanha

A Alemanha é a maior potência econômica da Europa e a 4ª maior em nível global. Nestes últimos anos, as sanções entre a UE e a Rússia e a fraca procura por parte dos parceiros da Zona do Euro limitaram o desempenho da economia alemã. No entanto, devido às fortes receitas provindas das exportações, a Alemanha está em uma situação económica muito melhor que os seus vizinhos europeus. Em 2016, a sua economia teve um crescimento consolidado, alcançando 1,7% do PIB, influenciado pelo consumo familiar e pelo comércio.

POPULAÇÃO

82,67 Milhões (2016)

PIB

3.063 Milhares de milhões €

IVA

19%

FORMA DE GOVERNO

Estado Federal

MOEDA

Euro

Capital

Berlim

FUSO HORÁRIO

UTC +1

IPC

Interanual (Outubro 2016) 0,8%

INDICADORES MACROECONÓMICOS

  • Ano
  • 2016
  • 2017
  • P.I.B.
  • 2.918 Milhares de milhões €
  • 3.063 Milhares de milhões €
  • DÍVIDA PÚBLICA (%PIB)
  • 68
  • 65
  • PIB PER CAPITA
  • 36.674,3 €
  • 37.056,3 €
  • EXPORTAÇÕES
  • 41,90 % sobre PIB
    1.279744,52 Milhões € (2013)
  • 50,76 % sobre PIB
    1.535.384,57 Milhões €
  • IMPORTAÇÕES
  • 37,32 % sobre PIB
    1.116.543,29 Milhões € (2013)
  • 45,401 % sobre PIB
    51.373.374,10 Milhões €
  • I.P.C. GERAL (%)
  • 0,4
  • 1,7

ACORDOS ECONÓMICOS BILATERAIS

  • Acordo para Evitar a Dupla Tributação em Matéria de Impostos sobre o Rendimento e sobre o Capital e Respetivo Protocolo;
  • Acordo sobre Cooperação nos Domínios da Investigação e Desenvolvimento Tecnológico;
  • Acordo sobre Promoção e Proteção Recíproca de Investimentos;
  • Acordo sobre Cooperação Técnica.
  • Sendo um país da União Europeia, os procedimentos administrativos e burocráticos e o valor da tarifa são reduzidos, tornando o fluxo de nossas mercadorias na Alemanha mais fluido do que em outros países não pertencentes à UE.
  • Embora seja um país da comunidade, há certas restrições especiais para bens como álcool e tabaco.

PRINCIPAIS SETORES ECONÓMICOS

O setor agrícola alemão contribui para menos de 1% do PIB e emprega 1,3% da população ativa. O setor beneficiou muito de subvenções estatais e está atualmente a atravessar um processo de desindustrialização. Os principais produtos do setor agrícola são o leite, a carne de porco, o gado, a beterraba açucareira e os cereais. Os consumidores alemães tendem a preferir a agricultura orgânica.

 

Atualmente, a contribuição do setor industrial para o PIB alemão baixou drasticamente de 51% em 1970 para cerca de 30%. A indústria automotiva é um dos maiores setores industriais do país, mas a economia alemã mantém alguns outros setores especializados, como os equipamentos elétricos e eletrónicos, a engenharia mecânica, e os produtos químicos. A decisão de abandonar a energia nuclear civil até 2022 deverá remodelar a paisagem industrial alemã a curto e a longo prazo.

 

O setor terciário representa cerca de 70% do PIB e emprega 70% da população ativa. O modelo económico alemão baseia-se, sobretudo, numa malha densa de pequenas e médias empresas: as PMEs são mais de 3,6 milhões e empregam 68% dos profissionais no país.

OPORTUNIDADES DE EXPORTAÇÃO

A Alemanha é a maior potência económica da União Europeia. Isto faz com que este país seja uma excelente aposta como parceiro comercial. Mas existem muitas outras razões pelas quais a sua empresa deve investir em exportar para a Alemanha.

 

Portugal e Alemanha têm já uma longa relação comercial. Prova disso é que a economia alemã é um dos maiores clientes nacionais. Dados relativos às transações comerciais de 2016 mostram que as exportações para a Alemanha aumentaram e que este é, atualmente, o segundo melhor cliente de Portugal. No ano passado, 17,4% dos bens e serviços nacionais exportados tiveram como destino este parceiro comercial.

 

Uma grande vantagem para Portugal é o facto de ambos países pertencerem à União Europeia. Isto torna possível a livre circulação de pessoas e bens.

 

O setor de engenharia está entre os mais demandados devido à escassez de pessoal e à alta qualificação dos engenheiros portugueses. A construção também está a crescer e Portugal poderia beneficiar-se disso, a Alemanha tem um orçamento de 269 mil milhões de euros até 2030. O setor económico exige novas tecnologias para poder cumprir o objetivo do governo de digitalizar tudo relacionado ao setor e aos processos industriais, o que permite às empresas portuguesas uma boa oportunidade de exportar. No setor de serviços, existe oportunidade em relação à assistência aos idosos.

 

Mas, para além destes aspetos, existem outras razões pelas quais as empresas portuguesas devem investir em exportar para a Alemanha:

 

  1. Mercado com uma dimensão colossal

A Alemanha tem um mercado de grandes dimensões. E isto é uma excelente vantagem para as empresas portuguesas! Na Alemanha existe um número quase ilimitado de oportunidades e uma grande margem para novos negócios.

 

  1. Mercado maduro, dinâmico e competitivo

economia alemã é conhecida pelas constantes inovações, nomeadamente no que diz respeito à exploração de novas áreas de negócio e à modernização da produção industrial. De acordo com a Bloomberg Innovation Index, uma lista que avalia o nível de inovação das economias mundiais, a Alemanha situa-se no terceiro lugar. Esta foi ultrapassada apenas pela Coreia do Sul e pela Suécia.

 

  1. Economia em constante crescimento

Enquanto o resto da Europa ainda está a recuperar da crise económica de 2008, a Alemanha tem mantido um crescimento constante e sustentável. Isto faz com que exportar para a Alemanha se torne uma excelente vantagem para os restantes países da Europa.

 

  1. Excelentes parceiros de negócio

De acordo com o relatório Doing Business, realizado pelo Banco Mundial, a Alemanha é o 17º melhor país do mundo para se fazer negócio. A verdade é que exportar para a Alemanha é a certeza de um negócio de sucesso.

 

  1. Exportar para a Alemanha é uma porta aberta para outros países

Para além do prazo de pagamento mais curto do que em Portugal, exportar para a Alemanha pode ser o primeiro passo para entrar noutros outros países. Isto porque este país tem excelentes relações comerciais não só dentro da Europa, mas também por todo o mundo.

 

As empresas portuguesas só têm vantagens ao investir em exportar para a Alemanha. Este é um dos melhores parceiros comerciais a nível mundial e pode ser sinónimo de crescimento e sucesso para o seu negócio.

ÁREA DE TRANSFERÊNCIAS

Descarregue mais informação e conselhos sobre como exportar para Alemanha.

Se necessita de mais informação, contacte um especialista da DHL para obter ajuda personalizada.